Coletiva de imprensa

Coletiva de imprensa

O prefeito de Crateús, Marcelo Machado, realizou coletiva de imprensa ao meio-dia do sábado (18) no gabinete da Prefeitura para tratar da iluminação pública. Segundo o prefeito, a partir da segunda-feira (20), será reiniciado o serviço de manutenção da energia elétrica na cidade por meio de um contrato temporário com a Citeluz.

O serviço apresentava problemas desde o final do passado. Por meio do esforço de toda a gestão municipal, os custos foram reduzidos e o serviço da Citeluz foi contratado por 90 dias, começando pelos pontos mais críticos e dando cobertura na sede e nos distritos, pois a demanda é em todo o município. 

Durante esses 90 dias, o Governo municipal estudará uma solução para o serviço funcionar definitivamente após o fim do contrato temporário. O prefeito lembrou que os municípios de Crateús e Boa Viagem são os únicos do Estado em que não é cobrada taxa de iluminação pública. O número de telefone da iluminação pública é 0800 7277173. 

Areninhas

Questionado sobre a Areninha que será construída em Crateús, o prefeito informou que já identificou terrenos onde essa obra possa ser realizada. E disse que durante o mandato tentará conseguir mais uma ou duas areninhas para o município, pois essa é uma preocupação da gestão. Marcelo também abordou a importância da parceria com deputados que queiram trabalhar pela cidade. “O nosso propósito é de trabalhar pelo povo de Crateús”, declarou. 

Ele mencionou ainda o trabalho feito pelo deputado Genecias Noronha, que para a agricultura familiar tem como projetos um galpão para armazenar os gêneros alimentícios, além de carros e tratores para suprir na área da agricultura. São recursos no valor de 1 milhão em benefício de Crateús para serem destinados para setores como agricultura, saúde e infraestrutura.

Carnaval

Interrogado sobre a realização do Carnaval 2017 de Crateús, o prefeito falou que atenderá recomendação do Ministério Público do Ceará, não realizando, portanto, a festa. Além disso, a Prefeitura recebeu recomendações também da Procuradoria Geral do Estado.

Apesar de o resgate do carnaval na cidade ser um compromisso de campanha, Marcelo disse que ainda é o primeiro ano e que esse compromisso não deixará de ser cumprido. O Governo promoverá alguns eventos, como a tradição antiga das festas das crianças na AABB, eventos para o balneário e a primeira festa de baile no Caça e Pesca. Assim, a Prefeitura se empenha em fazer eventos que possam, de fato, serem realizados.

O prefeito esclareceu que sabe que o Carnaval é um evento de que a população gosta e que, como gestor, tem o compromisso de realizar carnaval no próximo ano, por meio do diálogo com blocos e da parceria com comerciantes e empresários crateuenses.

Saúde

Fazendo referência ao Carnaval, Marcelo Machado fez uma comparação com a Saúde, por conhecer a realidade das filas de espera no município. “Quando se fala de carnaval, nós temos o respeito e o dever de animar o nosso povo, mas também temos o sentimento de que outras tantas pessoas estão esperando por esse benefício na área da saúde.” Assim, muito mais do que animar a população, a Prefeitura tem a obrigação de cuidar do povo crateuense.

Por isso, o prefeito apresentou dados que expõem as carências na área da Saúde. Com dados de dezembro, são 629 consultas dermatológicas em espera. Além disso, são 160 pessoas esperando para extrair um dente. Outros dados: 201 consultas com gastroenterologista, 427 com cardiologista, 396 com urologista, 461 com neurologista e 321 com ortopedista. Ainda há 1.724 pedidos para exame de ultrassonografia, 180 aguardando cirurgia de catarata e 1.520 esperando cirurgias gerais (hérnia e vesícula). O que reflete a atual realidade do município, isto só em setores da saúde.

Outra área com demanda por atendimento era a oftalmológica. Mostrando o empenho da gestão em zerar essas filas de espera, a Prefeitura realiza, de 13 a 21 de fevereiro, o Mutirão da Saúde Visual direcionado para as pessoas que aguardavam por consultas oftalmológicas e para as crianças que precisavam fazer o teste do olhinho. Durante esse período, a Secretaria de Saúde tem a expectativa de realizar, pelo menos, 1.000 atendimentos, zerando a fila de espera nessa área.

Marcelo Machado reconhece que os serviços ainda não estão perfeitos, mas garante que, apesar das dificuldades, o Governo tem como obrigação trabalhar pelas famílias crateuenses. “Estamos trabalhando para realizar um trabalho digno e que seja respeitado o direito e o anseio do povo de Crateús”, afirmou.

#GovernoDeCrateús
#JuntosTrabalhandoPeloPovo