Marcelo cobra ações de desenvolvimento para Crateús

Marcelo cobra ações de desenvolvimento para Crateús

Nesta segunda-feira (23), o prefeito de Crateús, Marcelo Machado esteve presente no evento Diálogo Municipalista 2017, em Fortaleza, onde conversou com diversos gestores e parlamentares, inclusive com o deputado Leonardo Araújo, que representou o senador Eunício Oliveira durante o evento, e com o senador José Pimentel.

Marcelo destaca as ações da Defesa Civil, que vem realizando a perfuração de poços profundos com recursos próprios e com máquina perfuratriz do município. "Conseguimos colocar uma máquina que estava parada, e que vem sendo uma grande solução. Nosso objetivo é atingir o maior número de famílias que estejam carentes de água no município", explica.

Sobre a ordem de serviço do Lago de Fronteiras, Marcelo lembra a importância que será para Crateús a obra. "Será uma redenção não só de água, mas de geração de emprego e renda para o município. O açude vai resgatar nosso crescimento não somente para Crateús mas para toda a região", diz.

O prefeito de Crateús também esteve ao lado do governador Camilo Santana, e cobrou ações para a região de Crateús. "Não temos recursos próprios em Crateús, em tudo dependemos de repasses dos governos federal e estadual. Estamos aqui hoje para buscar soluções e cobrar apoio do governo, deputados e demais representantes", explica.

Além de Fronteiras, Marcelo chama a atenção para outras obras que vão impulsionar o desenvolvimento de Crateús. "O rebaixamento da ladeira do Tucuns, a ponte que dá acesso à Cidade Nova, as Areninhas, a Escola Profissionalizante, o IML, que vai amenizar o sofrimento dos familiares, a implantação do cinema e ainda o asfaltamento das principais vias da cidade, a brinquedoteca. Espero que o governador Camilo cumpra esses compromissos, que devem dar alavancar o município.

O prefeito reafirma ainda a construção da chamada Estrada da Produção, que vai desenvolver os distritos que ficam no pé-de-serra. "Vamos colocar essas obras pra funcionar em Crateús, e o governo e deputados vão nos ajudar para que a cidade possa evoluir muito mais", conclui Marcelo.

(Imprensa/Crateús)