Prefeito de Crateús reduz o próprio salário, do vice e dos secretários em 30%

Prefeito de Crateús reduz o próprio salário, do vice e dos secretários em 30%
O prefeito de Crateús, Marcelo Machado realizou coletiva de Imprensa em seu Gabinete, nesta terça-feira (31), quando anunciou medidas de redução de despesas para o município durante sua gestão. Uma das medidas será a redução do próprio salário, do vice e dos secretários em 30%. 
 
"Assim como um pai de família precisa tomar decisões pelo bem da família, o prefeito também decide por medidas amargas pelo bem da cidade. É certo que algumas categorias serão atingidas, e estamos cortando em minha própria carne e nos cargos mais altos", explica Marcelo.
 
Marcelo destacou ainda que nunca fez uso das diárias a que teria direito para tratar de assuntos de Crateús na capital. "Eu vou para Fortaleza em meu próprio carro, pago do meu bolso a gasolina e os gastos. Não recebo diárias", revela.
 
Durante o pronunciamento, o prefeito anunciou corte de 30% dos gastos com combustíveis, 50% com manutenção de veículos, 30% com energia elétrica e 20% com água. 
 
O controlador do município, Davi Bezerra destacou que as medidas são necessárias e urgentes, já que o Ministério da Educação determinou o reajuste no repasse do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), que atinge Crateús em aproximadamente em R$ 5 milhões. 
 
Davi afirmou ainda que Crateús ultrapassou o percentual de gastos com pessoal, infringindo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). “O Tribunal de Contas do Estado, órgão competente para fiscalizar os municípios cearenses, tornou público listagem em que Crateús ultrapassou no segundo quadrimestre de 2017 o percentual de 54% da Receita Corrente Liquida com pessoal”.