Secretaria de Meio Ambiente quer coibir podas drásticas em Crateús

Secretaria de Meio Ambiente quer coibir podas drásticas em Crateús

Todo espaço urbano tem a sua configuração. E, um dos itens mais importante dentro desse contexto é a arborização, pelo menos na cidade de Crateús, onde a Secretaria do Meio Ambiente trabalha com muito empenho para manter os benefícios ambientais oferecidos por ela, a exemplo da diminuição da poluição e maior permeabilidade do solo.

Gestor, técnicos, fiscais e funcionários da pasta entendem que esses benefícios são essenciais à qualidade de vida. Portanto, a Secretaria defende que, para usufruir dessas vantagens é preciso manter as árvores do município bem tratadas e cuidadas todos os dias da semana.

Não há como negar que o quadro de devastação de árvores é algo que se repete diariamente em Crateús, onde existe uma lei a de Nº 203 do dia 23 de março de 2012, que se refere às questões ambientais. Mas, a SEMAM estar sempre procurando esclarecer e advertir à população sobre como se deve plantar, cuidar e até mesmo podar uma árvore.

As penalidades pra quem infrigir a lei citada aqui, vão de advertências a multas e, dependendo da situação, o caso pode ser encaminhado para o Ministério Público tomar as suas devidas providências. Em Crateús, a Secretaria do Meio Ambiente é contra podas drásticas de árvores na cidade, hoje, uma das mais visadas dos 184 municípios cearenses.

Zelo pela conservação arbórea da cidade é o que a SEMAM mais tem em relação à paisagem urbana e suas vantagens, como o embelezamento de Crateús, principalmente, quando se trata de  diminuir o clima quente desta que é tida como a Princesa do Oeste. Para isso, a Secretaria carrega em seu cronograma de atividades, dois verbos: plantar e cuidar.

Quando e como podar uma árvore, respostas para perguntas como essa, os crateuenses encontram consultando o Secretário do Meio Ambiente do Município de Crateús, Rogério Oriano. Ele disse que esses dias, a Secretaria do Meio Ambiente notificou algumas pessoas e multou outras. Também, fez questão de frisar: estamos aguardando outras pessoas, que estão sendo chamadas pela Secretaria para responder sobre poda drástica, pontuou Rogério Oriano.