Crateús comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente com semana de atividades

Crateús comemora o Dia Mundial do Meio Ambiente com semana de atividades

5 de junho é o Dia Mundial do Meio Ambiente. Sem dúvida, uma data que desperta atenção das esferas da população para os problemas ambientais e, também, a valoração da preservação dos recursos naturais. Em Crateús, acontece desde a segunda, 4 e segue até sábado, 9 de junho, a 15ª edição da Semana do Meio Ambiente.

São quase duas décadas que o evento é realizado no município de Crateús. E, este ano, a programação não podia ser diferente e, sim, construída de forma coletiva, rica e diversificada que envolve energia, água, educação ambiental, mobilização social, cursos, aulas práticas, formações e atividades culturais.

A programação foi preparada para ser realizada no bairro Cidade 2000, Praça Antonio Acelino, Teatro Rosa Moraes, Centro de Nefrologia, Crede 13, Distrito de Ibiapaba, Escolas Pestalozzi, e de Cidadania Vilebaldo Martins, como também, na Universidade Federal do Ceará em Crateús e uma visita ao Cânion do Rio Poty, um lugar que respira natureza.

“Queremos contar com a população estando presente com a gente também, durante toda esta semana”. O convite é do Secretário do Meio Ambiente de Crateús, Rogério Oriano. O gestor da pasta  conseguiu mobilizar para este ano de 2018, parceiros que desenvolvem projetos de saúde, compensação e de preservação ambiental.

“Separando Resíduos, Preservando o Meio Ambiente” é o tema que a Secretaria do Meio Ambiente do Município escolheu para defender neste ano com gestores, técnicos, estudiosos, defensores e fiscais da área. O assunto veio somar com várias instituições para fortalecer e ampliar as ações em defesa da conservação e preservação do meio ambiente e, em especial, a caatinga, vegetação do Nordeste brasileiro, conhecida por ter um clima árido e fauna típica.  

Cada ano que passa, os defensores do Meio Ambiente de Crateús procuram fazer mudanças no modo de enxergar e lidar com as questões ambientais ao redor do município, além de estabelecerem princípios no intuito de orientar a política ambiental em toda a Região dos Sertões de Crateús. Estava certo o filósofo alemão, Aristóteles, quando disse um dia, que, a natureza não faz nada em vão