Prefeitura de Crateús inaugura UBS em Fátima 2

Prefeitura de Crateús inaugura UBS em Fátima 2

A Prefeitura de Crateús, por meio da Secretaria de Saúde, inaugurou, na manhã desta sexta-feira (06/07), mais uma Unidade Básica de Saúde (UBS), em Fátima 2. 

A mais nova UBS de Crateús irá funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, sob a coordenação das enfermeiras Viviane Veras e Carleciane de Almeida. A unidade recebe o nome de UBS Raimundo Nonato Torres de Melo, em homenagem ao médico crateuense Dr. Torres.

As instalações oferecem consultórios médicos e odontológicos, recepção, setor administrativo, setores de manutenção (limpeza e segurança) e uma sala destinada a armazenar resíduos sólidos.

A equipe de profissionais é formada por médicos, enfermeiros, dentistas, técnicos em enfermagem e em saúde bucal, além de agentes administrativos e vigia. Agentes de Saúde Comunitária também fazem parte da equipe.

O prefeito de Crateús, Marcelo Mahcado comemorou a entrega das obras. “Essa é uma obra que era esperada pela comunidade. Essa UBS vai oferecer serviços de muita qualidade aos seus usuários. São diversas famílias que serão beneficiadas. É com muita alegria que inauguramos a UBS de Fátima 2”, diz.

Já a Secretária de Saúde, Diná Braga destaca que a UBS vai oferecer atendimento médico a hipertensos, às gestantes, atendimento odontológico e ainda assistência à população em suas necessidades de saúde básicas.

Mais sobre o homenageado

Raimundo Nonato Torres de Melo nasceu em 18 de Abril de 1948, no Município de Crateús, e faleceu em 27 de maio de 2018. Filho de José Cavalcante de Melo e Izabel Torres de Melo, Dr. Torres como era mais conhecido, iniciou os seus estudos formais, no Externato Nossa Senhora de Fátima, e concluiu o curso ginasial no Colégio Salesiano São Domingos, na cidade de Baturité, no Estado do Ceará.

Ele ingressou no Curso de Medicina, na Universidade Federal de São Luiz, no Maranhão, onde estudou de 1973 a 1979. Dr. Torres chegou a receber o título de cirurgião geral pela Sociedade de Medicina e Cirurgia do Maranhão, além de ter atuado também, nas áreas de ginecologia e obstetrícia.

Escolheu a sua cidade natal para exercer com dignidade a profissão, onde era chamado de Dr. Torres. Já, no mês de  agosto de 1979, iniciou o seu ofício exercendo vários cargos, dentre eles, o de Médico da Policlínica e Hospital Gentil Barreiras. Dr. Torres ingressou nas redes públicas de ensino estadual e municipal em 1979, quando foi nomeado médico da Secretaria Estadual de Saúde do Estado do Ceará, no antigo Centro Social Urbano. Ele participou também ativamente da Fundação do Hospital Regional José de Oliveira Camerino, de 1981 a 1999. Dr. Torres atuou como médico generalista nos PSF´S dos bairros dos Venâncios II, Curral do Meio e Curral Velho, no período de 1998 a 2007.

Casou-se com a Sra. Maria de Fátima Melo Torres em 1982. Desta união nasceram cinco filhos do casal: Milena, David, Victor, Izabel e Ibsen. Dr. Torres era pai de 07 filhos, sendo que dois são da primeira união: Ivana e José Neto. Conhecido também como “Mão Santa”, Dr. Torres era um profissional responsável e humanitário. Um médico por vocação que tinha sua profissão como sacerdócio, além de ter optado preferencialmente o serviço público para o exercício da mesma